blog

Categoria

Prime Ar Condicionado - Venda, Instalação e Assisténcia Técnica

Dicas

05/12/2017

Os perigos das bactérias no ar-condicionado. Saiba como evitar

Quem é que não gosta de chegar a um local onde a temperatura está adequadamente climatizada? Onde conseguimos relaxar com conforto e qualidade? Onde, devido à temperatura, conseguimos aumentar nossa produtividade?

Pois é, obviamente que todos nós, não é mesmo?

Essas, claro, são algumas das maiores virtudes proporcionados pelos aparelhos de ar condicionado.

Indispensáveis à vida moderna, os aparelhos de ar condicionado de fato nos auxiliam e muito em nosso dia a dia, todavia é preciso salientar que o seu mau uso também pode provocar inúmeros danos à saúde.

E é aí que está o perigo: bactérias. Por mais que pareça uma coisa desnecessária, a realidade é que a limpeza dos filtros do ar condicionado é tarefa essencial para a manutenção da saúde daqueles que utilizam o aparelho.

Isso porque, ao negligenciarmos a manutenção periódica e as datas de limpeza estipuladas pelos fabricantes, estamos transformando um produto de capaz de gerar ótimo conforto e qualidade em um grande vilão transmissor de doenças.

E tem mais: quanto mais antigo é o modelo de ar condicionado, maior atenção deve ser dada à limpeza dos filtros do aparelho, tudo para que esse não se transforme em uma grande colônia de bactérias capazes de infectar as pessoas que frequentam o ambiente.

Tradicionalmente, quando há falta de higiene em um aparelho de ar condicionado, as bactérias mais disseminadas são a Legionella e a Clamidia Psittaici.

A Clamidia Psittaici pode ser transmitida de muitas maneiras, tais como fezes de pombas, por exemplo. Sua atuação no organismo pode vir a causar pneumonia, que, por sua vez, pode evoluir para um quadro delicado de insuficiência respiratória.

Já a bactéria Legionella pode estar presente mesmo em água potável, e, por sua vez, propagar-se através da vaporização da água. Como resultado de sua ação no organismo humano temos quadros de pneumonia agressiva, por exemplo.

Portanto, para impedir a proliferação de bactérias no ar condicionado, e para manter todos que frequentam o ambiente livres de quaisquer riscos, realize sempre a manutenção de seu aparelho de forma periódica, executando as limpezas conforme o necessário.