blog

Categoria

Prime Ar Condicionado - Venda, Instalação e Assisténcia Técnica

Antes de Comprar

14/11/2017

Saiba como escolher ar-condicionado para empresa

Em um país como o Brasil, com temperaturas tão altas na maior parte do ano, investir em um ar-condicionado para empresa é essencial. Afinal, o ambiente de trabalho exige um clima agradável para clientes e funcionários.

A temperatura errada pode diminuir a produtividade, gerar estresse na equipe e prejudicar o desempenho das funções. Por isso, escolher o equipamento certo de ar-condicionado para empresa faz toda a diferença.

Siga a leitura deste post e acompanhe as dicas para escolher o ar-condicionado ideal para o ambiente de trabalho.

Como escolher ar-condicionado para empresa

A climatização de uma empresa é um pouco mais exigente do que a de uma residência. Isso porque ela precisa agradar a um número maior de pessoas, além de influenciar diretamente na produtividade da equipe.

Para fazer a escolha certa, é preciso estar atento a alguns aspectos:

Tamanho do cômodo

O primeiro ponto a ser considerado é o tamanho do ambiente que será climatizado. Quanto maior o espaço, mais potência o ar-condicionado para empresa precisa ter. É indicado o mínimo de 600 BTUs por metro quadrado.

Incidência de sol

Esse valor pode aumentar para 800 BTUs se houver a incidência direta de sol. Isso porque o calor externo exige mais desempenho do equipamento.

Por isso, é essencial analisar o ambiente e verificar em que momentos ele recebe a luz solar.

Quantidade de pessoas

Outro ponto importante para determinar a escolha do ar-condicionado para empresa é a quantidade de pessoas que utiliza o ambiente.

A partir do cálculo por metro quadrado é preciso adicionar mais 600 BTUs por pessoa. Em caso de ambientes que recebem clientes, faça uma média de visitantes por dia para simular a capacidade exigida.

Equipamentos eletrônicos

O número de computadores e outros eletrônicos no ambiente também influencia na escolha do ar-condicionado para empresa. Isso porque o calor emitido durante o funcionamento desses equipamentos pode alterar o clima.

Além disso, o calor excessivo pode prejudicar o funcionamento de alguns eletrônicos. Caso o espaço conte com muitos itens, vale a pena incluir mais 600 BTUs no cálculo.

Região do país

Um fator bastante impactante na definição do melhor ar-condicionado para empresa é a região do país em que ele será utilizado. Os estados do sul possuem uma temperatura média mais baixa do que os do norte, por exemplo.

Assim fica fácil imaginar que as empresas localizadas nas regiões mais quentes demandam maior potência de aparelhos para desempenhar a mesma função.

Como calcular a quantidade de BTUs necessária

Considerando-se todos os pontos levantados fica mais fácil fazer o cálculo da quantidade de BTUs que o ar-condicionado para empresa precisa ter.

Por exemplo: para um ambiente de 10m² que é frequentado por 3 pessoas e não possui a incidência de sol, o cálculo seria assim:

(600 x 10) + 1200 (duas pessoas extras) = 7200 BTUs

Esse valor deve aumentar para cada item adicional que o ambiente apresentar, conforme os tópicos que apresentamos.

O cálculo de potência serve para facilitar a escolha do ar-condicionado para empresa, mas não deve ser o único fator a ser considerado. O tipo do aparelho, o orçamento disponível e as especificações de instalação também influenciam na escolha.