blog

Categoria

Prime Ar Condicionado - Venda, Instalação e Assisténcia Técnica

Instalação

01/08/2017

Ar-condicionado piso teto: em quais ambientes usar?

Hoje temos uma enorme gama de tipos de ar-condicionado. Todos eles servem para diferentes propósitos e e ambientes.

Podemos achar desde o aparelho ideal para lugares pequenos e com baixo fluxo de pessoas até modelos ultra potentes — capazes de suprir duas salas grandes, por exemplo.

Uma ótima opção para esses locais que necessitam de uma grande circulação de ar é o ar-condicionado piso teto. Ele tem um grande potência e desempenho, apresentando qualidades incomparáveis.

Por isso, hoje vamos mostrar os melhores ambientes para se instalar o ar-condicionado piso teto e os principais benefícios deste aparelho. Confira!

As vantagens de um ar-condicionado piso teto

Conforto térmico

Um ambiente confortável termicamente pode fazer muito pelo seu lar ou estabelecimento comercial. Em casa, o desconforto com o calor pode deixar o humor desarmonioso, causar mal estar físico e até proporcionar irritações e alergias.No comércio. pode significar um cliente irritado e com uma má experiência em seu atendimento, na qual ele pode não finalizar comprar e nem retornar à loja.

Fácil instalação

Outra vantagem é que ele se adapta facilmente a qualquer tipo de decoração. O principal motivo disso é a facilidade de instalação no modo vertical — apoiado no piso — ou horizontal — junto ao teto. Ele também pode ser colocado em função de móveis já existentes ou, até mesmo, com móveis planejados, visando deixar o aparelho mais camuflado na decoração.

Design moderno e bonito

Optar por deixar à mostra também pode ser uma boa ideia, já que o design costuma ser moderno e discreto, se integrando facilmente à decoração. O fato é que com o ar-condicionado piso teto você conseguirá aproveitar seu espaço da melhor maneira, sem desperdiçar nenhum metro quadrado.

Pode ser adaptado em caso de reformas

Se a casa ou imóvel comercial está em fase de transição ou existe a possibilidades de reformas futuras, a compra também não precisa ser adiada. Isso, porque é fácil alternar a forma de instalação no caso de readequações do espaço, o que significa uma redução de desperdícios futuros.

As características técnicas são também o forte do ar-condicionado piso teto. Siga lendo e entenda melhor!

Principais características

Esse tipo de ar é muito prático no que diz respeito à sua instalação, manutenção e ao seu uso, além de apresentas alta potência e versatilidade. Como já falamos antes, o ar-condicionado pode ser instalado tanto no piso, quanto no teto. A condensadora é horizontal ou vertical e possui vazão elevada.

Resfriamento uniforme e eficiente

Além disso, possui grande poder de refrigeração e ótima circulação de ar. Esta característica é devida ao air swing, que consiste na movimentação das aletas, que direcionam o ar alternadamente, soprando o ar resfriado em todo o ambiente, pelo seu movimento angular. Assim, o ambiente fica confortável todo por igual.

O air swing também garante que a energia seja gasta com grande eficiência. Sem o sistema, o resfriamento seria feito de maneira desigual, mantendo o mal estar em algumas partes do ambiente, o que seria um desperdício, gerando esforço e gasto desnecessário em eletricidade.

Economia de energia

O ar-condicionado piso teto atinge a temperatura desejada rapidamente e, se for instalado corretamente e no local adequado, pode ter uma economia de mais de 30% em relação aos outros aparelhos.

Em BTUs, sua potência pode ir até 80 mil, tudo isso com baixíssimo nível de ruído, afinal, não basta melhorar o conforto térmico e perder no conforto sonoro. Nesta potência o parelho ganha muita vez em estabelecimentos comerciais maiores.

Comodidade na operação

O ar-condicionado piso teto também pode ser controlado remotamente, com ou sem fio, além de ser programável em diversos modos de operação.

Então, é assim que você pode decidir alternar entre os modos de operação, escolhendo entre quente e frio, estabelecer um horário para que o aparelho desligue, economizando ainda mais energia, e até mesmo acionar modos que regulam a umidade do ambiente (função dry), deixando tudo mais agradável para o usuário.

Ambientes indicados

Com todas essas características, o ar-condicionado piso teto é indicado para casas com cômodos maiores e um intenso fluxo de pessoas, além de áreas de comércio — como restaurantes, lojas, clínicas e saguões de hotéis.

Ele funciona bem em qualquer ambiente que tenha o pé direito alto, pois a vazão de ar nesses locais é muito maior. Sítios e escolas com salas maiores também pedem um ar-condicionado desse tipo!

Escolha do modelo

Antes de tudo, é preciso calcular a quantidade de BTUs necessária antes de adquirir seu ar-condicionado. O cálculo básico é de 600 BTUs para cada metro quadrado do ambiente — caso ele não tenha incidência de sol. Se tiver, a conta sobe para 800 BTUs.

Essa conta também vale para cada pessoa a mais que divida o ambiente com você .Os aparelhos eletrônicos esquentam o ambiente e, portanto, você deve acrescentar mais 200 BTUs para cada um deles.

Veja o exemplo: um cômodo de 60 metros quadrados, sem incidência de sol, com três aparelhos eletrônicos e mais duas pessoas o usando além de você, pede um ar-condicionado com cerca de 3 mil BTUs de potência.

Viu só? Calculando a potência de maneira correta, a temperatura programada é atingida rapidamente para os modelos de ar-condicionado piso teto, renovando o ar de sua casa ou estabelecimento comercial assim como já falamos antes.

Instalação do aparelho

Tome cuidado para que, na hora de instalar, você não danifique nenhuma tubulação de água, energia ou esgoto. Além disso, não coloque o ar-condicionado em cima de aparelhos eletrônicos, pois a evaporação pode danificá-los. Também é interessante manter esta distância até mesmo para não criar um efeito um pouco sobrecarregado na decoração.

Caso o seu local de instalação for muito grande e necessite de mais do que um ar-condicionado, o importante é que você respeite a distância mínima entre eles — que deve ser de um metro e meio.

Manutenção e limpeza

Independentemente do local de instalação — no piso ou no teto —, deixe uma margem de pelo menos 20 centímetros entre o ar-condicionado e as paredes. Isso é necessário para facilitar na hora da manutenção, troca ou limpeza.

Falando em limpeza, depois de instalado, lembre-se de realizar uma manutenção preventiva limpando os filtros pelo menos uma vez ao mês, seguindo as informações do manual do aparelho. Assim, você evita problemas de saúde que podem ser causador por germes e impurezas que podem passar a circular no ambiente, além de garantir a vida útil do ar-condicionado.

O ar-condicionado piso teto é um dos mais procurados dentre os modelos existentes, principalmente para ambientes maiores. Sua versatilidade e facilidade de instalação, além da grande potência e capacidade de refrigeração, são alguns dos principais motivos.