blog

Categoria

Prime Ar Condicionado - Venda, Instalação e Assisténcia Técnica

Dicas

09/05/2019

Capacidade do ar-condicionado: por que nem sempre o maior número de BTUs é o melhor para o seu ambiente

Quanto maior a capacidade do ar-condicionado melhor a climatização do seu ambiente, certo? Errado! O que parece óbvio pode não necessariamente corresponder à realidade. Embora essa seja uma crença popular, a verdade é que na prática o aparelho deve estar bem dimensionado com o tamanho da área a ser climatizada.

A primeira coisa a se  levar em conta na hora de comprar o seu equipamento, é a quantidade de BTUs. Ela é a unidade habitualmente utilizada no Brasil para medir a capacidade do ar-condicionado. Veja como fazer esse cálculo e economizar fazendo a compra certa.

Veja como o número de BTUs indica a capacidade do ar-condicionado

Repare bem: sempre que você vê uma oferta de ar-condicionado você encontra várias informações sobre o equipamento e, geralmente bem destacada, a sigla BTUs. Esse destaque não é à toa: ela corresponde a British Thermal Unit, ou “unidade termal britânica” em inglês.

Mas como é realizado o cálculo para um climatizar um ambiente?

Para que possa ser realizado o cálculo de Btus deve ser levado em conta a metragem quadrada do ambiente. Porem temos alguns fatores que devem ser levados em considerações para o correto cálculo são eles:

Quantidade de pessoas no ambiente.

Quantidade de aparelhos eletrônicos (computadores, cafeteiras, televisores e etc.).

Incidência solar no ambiente (manhã, tarde ou dia todo).

Existência de forro (mineral , PVC, madeira e etc.).

Quantidade de aberturas no ambiente (Janelas, portas de vidros )

Se você está achando muito complicado calcular tudo isso, nem precisa se preocupar, pois existem  softwares específicos para a realização desse cálculo.

Mas o que acontece se eu superdimensionar a capacidade do ar condicionado?

Hoje há uma oferta imensa de aparelhos no mercado, justamente para atender às situações mais variadas. Se você comprar um equipamento insuficiente para o tamanho e características do seu ambiente, seu consumo de energia será elevado devido a dificuldade do equipamento em atingir a temperatura de conforto, consequentemente não climatizando o ambiente no qual está instalado.

Além disso ele pode ter a sua vida útil reduzida, justamente por estar sendo forçado além da sua capacidade. O desgaste das peças é maior e exigirá manutenção mais frequente.

No entanto, se a capacidade do ar-condicionado for maior do que a necessidade do ambiente ele também aumentará o consumo de energia elétrica.

Basta analisar os selos de eficiência energética de dois aparelhos de uma determinada marca e com a mesma classificação energética, com as potências de 9.000 BTUs e 12.000 BTU, por exemplo.

Você vai notar que dois consomem 16,9KwH/mês e 22,3KwH/mês, respectivamente. Ou seja, o aparelho de 9.000 BTUs consome menos energia por mês do que o de 12.000 BTUs. Ressaltamos que isso é uma suposição, visto que esses dados podem mudar conforme a marca.

Isso significa que se você superdimensionar a capacidade do ar condicionado estará desperdiçando seu dinheiro – desde a compra de um aparelho mais caro até a conta mais alta de energia elétrica.

Vantagens de comprar a capacidade do ar condicionado correta

Quando a capacidade do ar-condicionado é escolhida de acordo com o cálculo térmico, ele climatiza o ambiente no tempo certo, economizando energia e tendo menos desgaste nos equipamentos.

Lembre-se que contas de energia elevadas referente a equipamentos de ar condicionado pode ser resultado de  equipamento mal dimensionado, mal instalados,antigos ou que  necessitam de manutenção. Hoje há vários aparelhos no mercado, como os de tecnologia inverter, que têm alto índice de eficiência energética.