blog

Categoria

Prime Ar Condicionado - Venda, Instalação e Assisténcia Técnica

Dicas

04/09/2018

Afinal, como cuidar de plantas em ambientes com ar-condicionado?

O Brasil não tem as estações do ano muito bem definidas, de forma que faz calor em quase todos os meses na maioria do território nacional. O ar-condicionado é a alternativa escolhida pela maioria da população, já que diminui consideravelmente a temperatura dos ambientes, proporcionando mais qualidade de vida a quem possui o aparelho.

O ar-condicionado, uma invenção que é tão boa para as pessoas pode não ter o mesmo efeito nas plantas, que são mais sensíveis e precisam de cuidados especiais.

Gostaria de ter uma casa equipada com ar-condicionado, mas está preocupada com suas plantas? Quer saber como cuidar de plantas em ambientes com ar-condicionado? Nosso post de hoje trará informações valiosas sobre o tema. Vamos conferir?

As plantas e o ar-condicionado

Alguns tipos de flores, como as orquídeas, se adaptam melhor a baixas temperaturas. Entretanto é uma armadilha pensar que, por esse motivo, o aparelho de ar condicionado ligado vai deixá-las mais confortáveis. Além de esfriar o espaço, ele retira a umidade do ar, que é eliminada em forma de água por compartimentos na parte externa do equipamento.

É evidente que cada espécie tem suas características próprias e se comporta de uma forma na presença de ar refrigerado, mas a maioria delas pode sofrer desidratação intensa por causa do ar seco. Isso é facilmente identificado porque o aspecto da folhagem fica murcho e com uma coloração mais apagada.

Como cuidar de plantas em ambientes com ar-condicionado?

Instalar aparelhos que refrigeram o ar dentro de casa não quer dizer que você precisa se desfazer de suas plantas. Pequenos cuidados diários, atendendo às necessidades de cada espécie, ajudam a manter o equilíbrio e saúde das plantas.

Manter a terra sempre úmida já é suficiente para aliviar o desconforto causado pelo ressecamento do ar nas folhas e flores. A escolha de espécies que se adaptam melhor em locais com pouca umidade e clima frio também é importante.

Espada-de-são-jorge

A espada-de-são-jorge, presente em muitos lares brasileiros, pode ser uma boa alternativa para situações em que não é possível uma manutenção frequente. Além de não ocupar muito espaço, ela fica bem tanto sozinha quanto em grupos com outros tipos de plantas.

Minicactos

Os minicactos são ótimos para dar vida a qualquer cômodo dentro de casa e não precisam de cuidados especiais. Eles ficam bem em ambientes internos com boa iluminação e não sofrem muito com ar seco. Existem diversas espécies de cactos pequenos que podem ser encontradas em floriculturas e até em supermercados.

Palmeira-ráfia

Para quem deseja causar mais impactos com vasos maiores na sala de estar, por exemplo, a palmeira-ráfia, também conhecida como ráfis, tem folhagem volumosa e pode ser usada sozinha. Ela se adapta bem em qualquer tipo de iluminação, e por isso é muito usada em escritórios, além de não precisar de água abundante. Regá-la frequentemente para não deixar a terra seca demais já é suficiente.