blog

Categoria

Prime Ar Condicionado - Venda, Instalação e Assisténcia Técnica

Dicas

05/07/2018

Meu ar-condicionado está fazendo barulho. O que pode ser?

Adquirir um aparelho de ar-condicionado é geralmente uma das conquistas mais interessantes dos usuários, pois proporciona conforto e maior bem-estar quer seja no trabalho ou em casa.

Com a estação quente, as vendas, aliás, costumam aumentar ainda mais em diversas regiões do Brasil.

Hoje em dia, inclusive, com a tecnologia disponível, já é possível usufruir de todo o conforto térmico proporcionado por esse tipo de equipamento mesmo em outras estações do ano, pois determinados modelos permitem, inclusive, regular temperaturas independente da época ou até mesmo o funcionamento na função aquecer.

Independente de qual seja a situação, uma coisa é fato: o ar-condicionado traz uma grande vantagem na climatização de ambientes.

O problema, no entanto, pode aparecer justamente quando esse conforto aparentemente começa a trazer um incômodo junto: o excesso de barulho.

Normalmente quando isso acontece, por uma ou outra razão, a primeira que se deve saber é que esse não é um “preço” que você precisa pagar pelo conforto.

Algumas coisas podem estar acontecendo com o aparelho e é possível solucioná-las.

Por isso, mantenha a calma!

Se essa situação está incomodando você, veja a seguir o que pode estar acontecendo e tenha uma ideia de como os problemas podem ser facilmente resolvidos:

1- Acúmulo de sujeira pode ser a causa de ar-condicionado fazendo barulho

Aparelhos de ar-condicionado têm filtros e é perfeitamente normal que com o tempo determinada quantidade de impurezas se depositem em seus interiores.

No entanto, quando essa “sujeira” começa a atrapalhar ou obstruir, por exemplo, alguma parte do aparelho, como no caso das turbinas.

Com isso seu equipamento pode estar operando com sobrecarga e dificuldades e por consequência um barulho contínuo pode começar a se manifestar sempre que ele estiver ligado, piorando, dependendo do caso, com o alternar de algumas funções e configurações.

Nessa situação é necessário fazer uma limpeza e o ideal é que você conte sempre com ajuda especializada para o serviço.

 2- Desajuste nas peças ou reflexo de má instalação e falta de manutenção

O motivo de som indesejado pode vir também de alguma peça no interior do ar-condicionado solta ou desajustada, uma possível consequência, por exemplo, de eventual instalação não feita adequadamente ou mesmo de uma “pancada” no equipamento, causando avarias internas.

Nesse caso, a avaliação, diagnóstico e intervenção de um profissional especializado serão necessários, para que a peça correta seja identificada e reajustada ou mesmo trocada, se estiver com problemas além do modo como foi instalada ou “apertada”.

Outra coisa que pode ter acontecido, especialmente se o aparelho for recém-instalado e você notar esse barulho logo nos primeiros funcionamentos e não depois de ele estar já há algum tempo trabalhando é a instalação ter deixado falhas, fazendo-o vibrar demais.

Se ele estiver com vibração excessiva provavelmente será necessário acionar quem instalou e reportar o problema, solicitando correção.

Tubos mal colocados ou inadequados para o tipo de aparelho também pode causar dor de cabeça. Por isso certifique-se sempre de contar com um bom profissional.

Mesmo quando ele foi instalado corretamente, aliás, é possível haver alguma “compressão” interna em determinada parte e momento de uso, que causa o desgaste de peças, ruptura ou deformidade de tubulação, entre outras possibilidades.

Ter a manutenção do equipamento em dia evita, portanto, não só o acúmulo de sujeira como inconvenientes desse tipo também.

3- Algo “preso” na entrada do ar-condicionado

É um pouco improvável, porém não impossível. Pode ser que, por alguma razão, algum pedaço de material como papel, plástico, embalagens ou pequeno objeto, seja qual for, tenha ido parar nas aletas do ar condicionado, não sendo capaz de adentrar totalmente o equipamento, mas alojado em uma posição próxima o suficiente para causar interferência.

Com a saída do ar isso pode gerar ruídos (em um processo semelhante ao que acontece com o ventilador, embora não totalmente igual devido à diferença natural no funcionamento do aparelho).

Dependendo, ainda, da localização ou se parte desse material tiver penetrado no aparelho o barulho pode ser maior, menor ou de variação de tom diferente.

Se esse for o caso, a solução pode ser a simples remoção cuidadosa do objeto em questão, o que também ajuda a minimizar a possibilidade de ele acabar se posicionando mais profundamente na caixa em que está o motor da máquina, vindo a atingir e danificar outros componentes.